Notícias

Fluxo de Caixa: Essencial para a saúde financeira do seu negócio

23/06/2017 08:13

O fluxo de caixa é uma parte vital do seu negócio e é muito importante saber controlá-lo para que o seu empreendimento possa não somente sobreviver no mercado atual, mas também tenha a possibilidade de se preparar para dar passos maiores no futuro. Saber controlar o fluxo de caixa é essencial para a sua empresa não viver no vermelho. Cientes da importância que o fluxo de caixa representa na saúde financeira de sua empresa, a RK Software preparou algumas dicas importantes de como controlar o fluxo de caixa do seu negócio de forma inteligente e estratégica.

O que é fluxo de caixa?
Toda empresa possui uma característica em comum independente de seu porte: o fluxo de caixa, que controla todas entradas e saídas de dinheiro ao longo do tempo. Por exemplo, para se manter funcionando, a empresa possui custos fixos como: o salário dos funcionários, despesas de água e luz, internet e telefone, aluguel, faturas e custos relacionados à produção, entre outros. Vamos supor que estas despesas vencem em 30 dias e, apesar da empresa ter tido um excelente desempenho comercial neste mês, o recebimento é apenas daqui a 60 dias. O que fazer agora? Por isso, é tão importante saber como controlar o fluxo de caixa de sua empresa. O fluxo de caixa consiste basicamente em cinco partes fundamentais:

• Saldo Inicial – todo o dinheiro disponível no caixa e nas contas bancárias;
• Entrada de Receita – vendas e recebimentos à vista diários;
• Saída de Receita – pagamentos realizados diariamente;
• Saldo Operacional – o resultado Entrada de Receita menos a Saída de Receita;
• Saldo Final – é o Saldo Inicial somado ao Saldo Operacional.

Confira algumas dicas para controlar o fluxo de caixa de sua empresa:

1. Esteja ciente de qual é o saldo total da empresa
A empresa precisa de um ponto de partida, certo? Tire extratos de todas as contas de sua empresa, some todos os valores dos caixas, cofres e poupanças. É muito importante saber qual o saldo real da empresa e registrar esse saldo para que sirva como ponto de partida para que o seu controle de fluxo de caixa comece a ser feito.

2. Toda a movimentação de caixa deve ser registrada
Não importa qual seja a movimentação, ela deve ser registrada. Crie o hábito de registrar todas as movimentações diárias em sua empresa, por menor que seja a venda ou o gasto, é muito importante ser minucioso e responsável para obter o controle total do seu fluxo de caixa. Além disso, é importante ter registro de tudo que entra e sai da empresa para se programar melhor em relação a possíveis eventualidades e despesas, você também precisa se programar, caso a empresa tenha feito muitas vendas a prazo. Evitar pagar multas e juros e receber de seus clientes em dia são prioridades.

3. Não permita que aconteçam inconsistências no caixa
Informações registradas erradas podem comprometer todo o seu planejamento e controle de fluxo de caixa. Além disso, informações registradas de forma ilegível também podem trazer complicações. Evite abreviar palavras na hora de registrar saídas ou entradas de receita, pois no futuro você pode não se lembrar do que se trata exatamente.

4. Categorize os lançamentos
Procure categorizar as despesas de acordo com o seu grupo, por exemplo: Despesas como água, luz, telefone, internet e gás devem permanecer em uma categoria. Já despesas como salário dos funcionários, FGTS, seguros e décimo terceiro devem permanecer em outra categoria e assim por diante. Isso irá facilitar como controlar o de fluxo de caixa, além de permitir que relatórios mais específicos possam ser levantados a qualquer momento sem nenhuma dificuldade.

Os sistemas de gestão Master, da RK Software, contam com a ferramenta de fluxo de caixa e permitem que o empresário possa avaliar sua situação financeira por meio de variados relatórios. Entre em contato conosco através de nossos canais de comunicação e obtenha maiores informações sobre os recursos gerenciais que oferecemos à sua empresa.

    Aguarde, buscando...